Sobre a Pesquisa

A pesquisa da Cesta Básica dos municípios de Porto União e União da Vitória é um levantamento contínuo dos preços de um conjunto de produtos alimentícios considerados essenciais.

Essa pesquisa vem sendo realizada desde junho de 2019, porém a primeira coleta de preços, bem como a divulgação do primeiro boletim informativo ocorreu em março de 2020. A pesquisa do valor das cestas básicas, permite a comparação de custos dos principais alimentos básicos consumidos pelos munícipes de Porto União e União da Vitória.

A equipe é responsável pelo cálculo e divulgação do custo mensal de duas cestas básicas: a cesta básica com as provisões mínimas estipuladas pelo Decreto Lei n° 399, de 30 de abril de 1938 (13 itens) e a cesta básica que atende as características e hábitos alimentares locais dos  moradores de Porto União e União da Vitória (41 itens).

São objetivos dessa pesquisa:

• Coletar, mês a mês, os preços dos itens que compõem a cesta básica representativa dos municípios de União da Vitória e Porto União e da cesta básica do Decreto Lei nº 399;

• Calcular a variação mensal dos itens das cestas básicas;

• Obter o valor das cestas básicas a cada mês;

• Calcular o índice de variação das cestas básicas mês a mês;

• Estimar o salário mínimo necessário que contemple as necessidades básicas da família de acordo com os preceitos constitucionais;

• Calcular o número de horas de trabalho necessárias ao trabalhador que ganha um salário mínimo para a obtenção da cesta básica do Decreto Lei nº 399;

• Calcular o percentual do salário mínimo líquido comprometido com a compra da cesta básica do Decreto Lei nº 399;

• Fazer o acompanhamento da evolução de preços dos produtos da cesta básica.

A análise do comportamento dos preços da cesta básica constitui um importante fator para a identificação da realidade socioeconômica dos municípios.

Cada uma das cinco regiões do país possui características e necessidades próprias no seu padrão de consumo alimentar, seja por sua extensão continental ou por fatores socioeconômicos e demográficos que dificilmente podem ser entendidas conjuntamente e, consequentemente, as análises de preços também devem ser realizadas de forma a permitir a identificação desta heterogeneidade (IBGE, 2010).

Equipe 

Coordenador: Prof. Me. Jean Rodrigo Adacheski – Instituto Federal do Paraná.

Colaboradores: Prof. Dr. Airton Kist – Departamento de Matemática e Estatística, UEPG.

Acadêmicos: 
Andressa Pasquali Tremba – Bacharelado em Agronomia. (Bolsista CNPq – Iniciação Científica)
Diego Augusto Penteado – Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas.
Giulia Caroline Zimolong – Bacharelado em Agronomia.
Igor Przybysz – Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas.
Jaqueline Luiza Zimolong – Bacharelado em Agronomia.
Marcelo Bender – Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

Contato: jean.adacheski@ifpr.edu.br

Av. Paula Freitas, 2800,  Bairro São Braz – CEP 84603-264 – União da Vitória – PR

Topo