Pesquisa e Extensão em Andamento

 

Pesquisadora: Alessandra Bernardes Bender

Projeto: Abordagem Intercultural no Ensino de Línguas: pesquisa e produção de material didático para o Curso de Formação Inicial e Continuada de Inglês Intermediário

Resumo: A motivação principal do presente projeto é acabar com a visão preconceituosa de que, ao usarmos o inglês, estamos nos subjugando à outra língua ou nação e rejeitando a nossa cultura. Jordão (2006, p. 31) descreve poeticamente o processo de aprendizagem de uma língua adicional como sendo, para o aprendiz, a aquisição de “pares de lentes que lhe permitam olhar o mundo diferentemente”.

Tais ‘lentes’ permitem que, ao nos confrontarmos  com maneiras distintas de organizar a realidade, tenhamos acesso aos discursos que  circulam globalmente e sejamos capazes de reconstruirmos nossa própria identidade de uma forma mais ampla. Essa reconstrução é o fundamento que norteia a concepção de ensino de inglês por meio de uma abordagem intercultural, trazendo-nos a “possibilidade de construir uma outra globalização, anti-hegemônica, em performances linguístico-identitárias inovadoras.” (MOITA LOPES, 2008, p.309).

A metodologia envolve pesquisa bibliográfica  sobre a Abordagem Intercultural no Ensino da Língua Inglesa, notadamente textos que  tragam exemplos práticos de atividades a serem desenvolvidas em sala de aula, produção e aplicação de material didático de natureza intercultural no Curso de Formação Inicial e Continuada de Inglês Intermediário, análise dos resultados e produção de livro instrucional. Sendo assim, o objetivo maior do trabalho com a língua inglesa se configura como a garantia de acesso a discursos globais em conjunto com uma consciência crítica a respeito do papel das línguas em nossa sociedade.

 _______________________________________________________________________

Pesquisadora: Alessandra Cristina Valério

Projeto: Os desafios do Letramento Digital: um estudo sobre as crenças que orientam as práticas de leitura e escrita nos meios informacionais

Resumo: A presente investigação se ancora nos postulados da Linguística Aplicada, na abordagem qualitativa interpretativista, recorrendo à perspectiva de cunho etnográfico como delineamento metodológico. Os pressupostos epistemológicos se orientam pelos estudos dos Novos Estudos do Letramento (BARTON,1994; GEE, 1996; STREET, 2003), complementados pelo aparato teórico dos estudos sobre o hipertexto (MARCHUSCHI E XAVIER, 2005).

A inquietação que deu origem a essa pesquisa diz respeito às práticas de leitura e escrita em meios digitais, mais especificamente, no que tange à crescente disseminação de notícias falsas, fatos distorcidos e boataria nas redes sociais.

Cenas flagrantes, nos últimos meses, apontam para uma banalização desta prática com consequências graves para a sociedade. A partir de uma rápida observação no comportamento dos usuários da rede, já é possível detectar a comunhão de estratégias de seleção e avaliação de informação muito semelhantes por indivíduos pertencentes a diferentes esferas sociais.

Diante disso, a partir do ponto de vista do ensino e aprendizagem de leitura, justifica-se a necessidade de uma investigação sobre as estratégias interpretativas e os processos de construção de sentido do texto virtual, colocadas em ação por esses diferentes grupos.

A que tudo indica, entre esses grupos, não há apenas semelhanças nos processos de seleção de informação, checagem das hipóteses de leitura, construção da coerência do texto e avaliação de legitimidade da fonte; mas também uma comunhão de crenças e expectativas acerca das práticas de leitura e escrita nos meios digitais que precisam ser averiguadas.

 _______________________________________________________________________

Pesquisador: Alex Mateus Porn

Projeto de Pesquisa: Ambiente virtual interdisciplinar semântico

Resumo: O Instituto Federal do Paraná, Campus União da Vitória, conforme expresso no Projeto Pedagógico do Curso Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio, aprovado no ano de 2017, busca a interdisciplinaridade através da integração dos conteúdos curriculares. Diante dessa abordagem, busca-se através dessa pesquisa o levantamento de metodologias de ensino, através da execução de um mapeamento sistemático aplicado principalmente em áreas do conhecimento como as engenharias e tecnológicas, para identificar um elo comum com outras ciências, como humanas e naturais, para elaborar e desenvolver um projeto de software fundamento nos conceitos da web semântica, para auxiliar professores e demais interessados no contexto e realização da interdisciplinaridade escolar.

Pretende-se após a finalização do mapeamento sistemático aplicar de forma prática as principais metodologias identificadas em vários cursos relacionados a tecnologia. Os resultados da aplicação prática serão disponibilizados em uma página web para que todos os interessados, em especial os docentes da instituição, possam acessar e se apropriar dos conteúdos em beneficio de suas aulas.

Esses resultados também serviram de base para o design do projeto do software interdisciplinar, denominado como ambiente virtual interdisciplinar semântico, o qual apoiará docentes e técnicos administrativos com materiais didáticos relacionados entre todas as áreas possíveis, cadastrados pelos próprios usuários do sistema.

_______________________________________________________________________  

Pesquisadora: Cybelle Cardoso

Projeto: Sob o signo da memória: Relatos da Ditadura Militar em Porto União-SC e União da Vitória-PR.

Resumo: Atualmente, no Brasil, temos visto e ouvido – nas mídias sociais, na imprensa e em manifestações de rua, desejos explícitos pela volta dos militares ao poder. O presente Projeto de Pesquisa pauta-se na atualidade dessas discussões e nos remete, através de memórias pessoais e pesquisas bibliográficas ao período em que os militares governaram o Brasil (1964-1985).

A Ditadura Civil- Militar que golpeou o país teve consequências bastante desagradáveis para milhares de cidadãos brasileiros. Entre elas, destacam-se a espionagem, a repressão, a supressão de direitos, a violência e a tortura. Quanto a estas últimas, tocantes são os depoimentos de experiências de centenas de brasileiros que a vivenciaram, as quais são desconhecidas de muitos cidadãos, especialmente a geração mais jovem.

Assim, objetiva-se com o Projeto ouvir moradores das cidades de Porto União e União da Vitória – civis e militares – sobre suas experiências e impressões acerca desse período da vida brasileira e conscientizar os mais jovens e aqueles que, eventualmente, não conheceram as atrocidades desse modo militar de governar o país. Metodologicamente, opta-se pelas narrativas orais mediante entrevistas, as quais serão gravadas e, posteriormente, editadas em um videodocumentário; também serão transcritas para fins de edição um livro de memórias.

Espera-se com esse trabalho socializar essas experiências, transformando-as em memórias coletivas, aumentando assim, o rico acervo histórico já existente nas duas cidades. Importante frisar também que pretende-se disponibilizar estas memórias à comunidade. Por fim, espera-se lançar luz sobre as possíveis consequências de uma volta dos militares ao poder, reforçando o discurso da necessidade de aprimoramento de nossas práticas democráticas.

_______________________________________________________________________ 

Pesquisadora: Drielly Nayara Olekszyszen Salin

Projeto: Aplicação de nanopartículas de prata na construção de sistemas de filtração de águas para consumo

Resumo: A ingestão de água não tratada traz diversos riscos à saúde humana e deve ser minimizada. O tratamento de águas para consumo humano pode ser realizado por diferentes métodos, entretanto, mesmo existindo uma rede de abastecimento de água tratada, isso não é garantia de fornecimento global. Sendo assim, o tratamento em pontos de uso torna-se necessário, pois promove o trata- mento de águas advindas de fontes ou poços, aumentando sua potabilidade.

Neste cenário, os sistemas de filtração constituem uma alternativa viável e de baixo custo para implantação em propriedades rurais, não atendidas por redes de abastecimento de água tratada. Conhecendo os principais problemas dos sistemas de filtração, como a formação de biofilmes e a não desinfecção dessas águas, propõe-se um melhoramento do sistemas de filtração convencionais através da imobilização de nano- partículas de prata (Ag-NP) no adsorvente.

Para isso, Ag-NP serão sintetizadas e caracterizadas, e posteriormente, um sistema filtrante contendo Ag-NP será avaliado quanto à melhora nos parâmetros de potabilidade de águas advindas de fontes ou poços.

_______________________________________________________________________ 

Pesquisador: Edilson Pereira Brito

Projeto: Arranjos de trabalho e etnicidade no Vale do Iguaçu (1853-1916)

Resumo: O presente projeto buscará analisar as relações de traba- lho na região do atual Vale do Iguaçu entre os anos de 1853 e 1916. Trata-se de uma pesquisa que se desdobrará em três etapas, cujo objetivo será o de mapear as diversas atividades laborais realizadas nesta comunidade, apresentando dessa forma um panorama amplo sobre os arranjos de trabalho, bem como as diversas for- mas de atividades empreendidas pelos habitantes da região.

Para esta primeira fase, o período empreendido irá centrar-se na segunda metade do século XIX, mo- mento no qual o território do atual Paraná tornou-se autônomo, até o fim da Guerra do Contestado, um dos movimentos mais relevantes ocorridos na história do Brasil republicano.

_______________________________________________________________________ 

Pesquisador: Eduardo Ramos Coimbra de Souza

Projeto: O conceito de beleza na filosofia da arte de Schopenhauer

Resumo: A filosofia tem uma gama de temas muito variados em toda a sua longa história. Um destes campos específicos de saber é a Estética, disciplina que busca entender as artes e o conceito de beleza relacionado a elas.

O presente projeto de pesquisa objetiva compreender como o filósofo alemão Arthur Schopenhauer entende o conceito de beleza na sua teoria estética formulada no livro O mundo como vontade e como representação.

Por meio de pesquisas bibliográficas será investigado o modo de conhecimento estético e a noção de beleza, junto com as influências vindas de Platão e de Kant, além da classificação e hierarquização das belas-artes segundo o pensamento schopenhaueriano.

______________________________________________________________________

Pesquisador: Helder Jefferson Ferreira da Luz

Projeto: Contribuições ao teste de cobertura de aplicações CUDA

Resumo: Os processadores gráficos se apresentam como uma solução acessível para computação de alto desempenho, sendo utilizada na resolução de problemas de diversas áreas. A utilização desses processadores envolve novos modelos de programação, como o CUDA, que buscam facilitar o desenvolvimento de aplicações de propósito geral para a execução em processadores gráficos.

A despeito das facilidades trazidas por esse modelo, desenvolver aplicações com CUDA não é trivial. Além disso os desenvolvedores possuem pouca experiência na programação de aplicações paralelas, ocasionando diversos tipos de defeitos. Apesar da necessidade de mitigar defeitos em aplicações CUDA, as ferramentas de teste atuais não oferecem o suporte necessário, se limitando a poucos tipos de defeitos que tais aplicações podem apresentar.

Buscando melhorar a qualidade de programas CUDA, propõe-se o desenvolvimento de um modelo e de critérios de teste estrutural para programas concorrentes em CUDA. A seguir ambos serão validados por meio de um protótipo de ferramenta que implemente tal modelo e critérios. Espera-se como contribuições uma taxonomia de defeitos, benchmarks em CUDA que contenham defeitos dessa taxonomia, modelo e critérios de teste estrutural, protótipo que implemente o modelo e critérios, resultando em uma melhora na qualidade de programas CUDA e na utilização do material para ensino de Teste de Software e programação com CUDA.

______________________________________________________________________  

Pesquisador: Jean Rodrigo Adacheski

Projeto: Pesquisa da Cesta Básica de Alimentos dos municípios de União da Vitória e Porto União.

Resumo: A cesta básica é definida como um conjunto de componentes que são fundamentais para o ser humano sobreviver mensalmente e sua estrutura sofre variações de acordo com as regiões brasileiras. Com o objetivo de definir os itens que compõe a cesta básica representativa das características locais de consumo nos municípios de Porto União – SC e União da Vitória – PR, bem como o seu custo e variação mensal para o consumidor, serão entrevistadas pessoas de pelo menos 137 domicílios desses dois municípios para obter informações sobre quais alimentos são considerados essenciais e consumidos durante o mês. Também será feito um levantamento dos critérios considerados importantes pela população na escolha dos estabelecimentos comerciais e dos alimentos.

Para tanto, será utilizada a metodologia definida em janeiro de 2016, pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, órgão responsável pela pesquisa da cesta básica em todas as capitais brasileiras, mas de forma adaptada a realidade local e também dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares e do censo 2010, realizada pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Após a definição da cesta básica será realizado mês a mês o levanta mento dos preços desses produtos. Esse levantamento permite acompanhar o comportamento do poder aquisitivo do salário mínimo vigente comparado ao salário mínimo necessário para cobrir os custos de vida de uma família com 04 pessoas, dois adultos e duas crianças, que por hipótese consomem como um.

Como resultado dessa pesquisa teremos o custo médio da cesta básica, o índice de variação mês a mês, o número de horas necessárias ao trabalhador que ganha um salário mínimo para a sua aquisição e o salário mínimo necessário para que uma família com quatro pessoas possa contemplar as suas necessidades básicas de acordo com os preceitos constitucionais. A análise destes dados será divulgada em forma de boletim informativo no site e/ou rede social do campus.

_______________________________________________________________________

Pesquisador: Jéssica Linhares da Silva Frederico

Projeto: Qualidade da água utilizada para irrigação de frutas e hortaliças na região do Vale do Iguaçu

Resumo: “A condição microbiológica da água utilizada nas etapas de irrigação e lavagem de frutas e hortaliças que serão consumidas in natura é um dos aspectos fundamentais para garantir a segurança alimentar dos consumidores, uma vez que a utilização de água com qualidade imprópria afeta as condições higiênico-sanitárias dos alimentos, podendo causar doenças a população que os consumir.

Nesse sentido, esta pesquisa tem como objetivo avaliar a qualidade microbiológica de águas destinadas à irrigação e lavagem de frutas e hortaliças por um grupo de produtores rurais cadastrados no Projeto HF – Vale do Iguaçu. Inicialmente será executado um projeto piloto, por meio de parceria a ser estabelecida com a Casa Familiar Rural de Cruz Machado, envolvendo dez famílias da região. Serão realizadas oficinas para capacitar os alunos da Casa Familiar Rural para que eles mesmo façam as coletas em suas propriedades rurais, e enviem para análise.

As análises serão realizadas no laboratório multidisciplinar da UNIUV. Os resultados obtidos serão interpretados e comparados com a legislação vigente. Posteriormente divulgados aos produtores rurais utilizando estratégias e linguagem acessível para garantir a compreensão acerca do significado sanitário destes. Os produtores também serão sobre medidas de intervenção na realidade local para melhorar as condições sanitárias de sua propriedade rural.

_______________________________________________________________________ 

Pesquisador: Luiz Sérgio Soares da Silva

Projeto: A chegada do homem a lua e sua repercussão nas Gêmeas do Iguaçu.

Resumo: Com o anuncio recente da agência espacial americana, Nasa, deu-se o início a uma nova corrida à Lua. Não somente os USA entram nessa disputa, mas, também a União Soviética e investidores particulares. Com esse recente interesse da “volta” do homem a lua, surgiu por parte da comunidade discente indagações sobre se realmente o homem pisou na lua? Varias hipóteses formuladas durante décadas corroboram para a crescente desconfiança atual sobre essa situação.

Essa pesquisa/extensão tem como objetivos: pesquisar em livros, revistas e jornais da época da “chegada do homem a lua” relatos e impressões a respeito do impacto social, econômico, tecnológico e educacional (alterações nos livros didáticos), em busca do consenso geral sobre o credo da população sobre se realmente o homem foi à lua e como esse fato influenciou as gerações posteriores.

Um fator primordial para a pesquisa será o levantamento de dados junto ao publico da época do ocorrido, 1969 data do “primeiro homem a pisar na lua” com transmissão pela televisão. A faixa etária da população pesquisada (questionários e entrevistas) será a partir dos 60 anos, onde essas pessoas tinham na época 10 anos de idade. “

_______________________________________________________________________

Pesquisadora: Maria Gorete Terluk

Projeto: A Inserção e atuação das Mulheres no Futsal em União da Vitória e suas percepções

Resumo: O Futsal ou Futebol de Salão tem um campo muito vasto de estudos, com várias for mas de relações humanas e sociais. A participação das mulheres no futsal vem crescendo, porém os processos históricos evidenciam o papel social atribuído historicamente no Brasil ao gênero feminino e à simbologia ligada ao futsal como uma prática de reserva masculina, tendo a participação feminina nesta modalidade como um evento que ainda desperta estranheza em algumas esferas da sociedade.

A Educação Física é uma rica área para discussões de gênero, porém carece de estudos que abordam especificamente as relações de gênero, a homossexualidade e o preconceito nos esportes. O objetivo do trabalho é investigar e descrever os processos de entrada e atuação das mulheres no campo social do futsal, de modo a descrever as percepções das mulheres acerca da participação feminina em um espaço predominantemente masculino.

A amostra será com posta por jogadoras de futsal de equipe de União da Vitória, categoria adulta. Os questionários ocorrerão em local de treino, de modo a facilitar a participação das atletas. Será adotada a Teoria Fundamentada como método de coleta e análise qualitativa.

_______________________________________________________________________ 

Pesquisadora: Patricia Baliski

Projeto: A obtenção da casa garante o direito à cidade?

Uma análise da inserção urbana dos conjuntos habitacionais implementados no âmbito do Programa Minha Casa Minha vida em União da Vitória/PR

Resumo:A presente proposta de pesquisa se insere nas discussões relativas sobre o direito à cidade, tendo como perspectiva de análise a obtenção da moradia, em especial, a que ocorre no âmbito do Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal, especificamente na faixa 1, renda familiar de até R$ 1.800,00. Por isso, tem como objeto de estudo os conjuntos habitacionais Horst Waldraff, Horst Waldraff II e Guerino Massignan, implantados na cidade de União da Vitória, estado do Paraná, e que totalizam conjuntamente 624 moradias.

Teoricamente, a pesquisa se pauta principalmente nas discussões realizadas por Lefebvre (1973, 2006, 2008) a respeito do direito à cidade, habitat e habitar; Harvey (2014) em relação aos ciclos de acumulação do capital; e, Bonduki (2008) e Rolnik (2016) sobre os programas habitacionais no Brasil. A metodologia a ser utilizada baseia-se sobretudo no uso de dados secundários, obtidos em órgãos e instituições públicas, tais como secretariais municipais de União da Vitória, IBGE, COHAPAR, PARANACIDADE, Ministério do Desenvolvimento Regional (antigo Ministério das Cidades), dentre outros, e em atividades de campo.

Através da metodologia buscar-se-á atingir os objetivos estipulados para a pesquisa, sendo que o principal consiste em avaliar a inserção urbana dos conjuntos habitacionais implantados através do Programa Minha Casa Minha Vida, em União da Vitória/PR.

_______________________________________________________________________

Pesquisadora: Ricchard Hallan Félix Viegas de Souza

Projeto: Análise das águas de União da Vitória e região

Resumo: A região de União da Vitória caracteriza-se pela abundância de beleza natural, pela diversidade de cobertura de vegetação, pelo rio Iguaçu, pelas maravilhosas cachoeiras entre outras atrações. As águas dos rios e córregos que rodeiam a cidade, com certeza, representam a maior riqueza dessa área, sendo fonte de abastecimento de água e atração turística.

Verificar a qualidade das águas para o consumo da população e para assegurar a manutenção da vida aquática torna-se relevante, principalmente, devido ao desenvolvimento regional, industrial, comercial, populacional, agropecuário, madeireiro e até mesmo turístico, pois essas atividades podem impactar o meio ambiente com a geração de resíduos poluentes. Serão coletadas amostras de água de rios e riachos em diferentes pontos e em diferentes épocas do ano para análises química e biológica com o objetivo de conferir a qualidade e potabilidade da água nessa região.

A participação de alunos do Instituto será de suma importância, pois serão os protagonistas do projeto, de modo que suas ações e estudos ajudarão a desenvolver neles a curiosidade científica, terão conhecimento de técnicas científicas de análise e elaboração de relatório, além da conscientização para a questão da conservação dos recursos naturais, do conhecimento dos parâmetros de potabilidade da água e monitoramento de substâncias poluidoras a partir de dados obtidos pela própria pesquisa.

A análise de alguns parâmetros será realizada no laboratório do próprio Campus, através de aquisição de um pHmetro – previsto no pedido de auxílio junto a agências de fomento – e, por laboratório especializado aqui na região ou na Unesp de São José do Rio Preto-SP. O trabalho representará uma ação no sentido de buscar informações técnicas sobre a riqueza natural da região, um momento de parada, análise e reflexão. O projeto poderá ser um instrumento

_______________________________________________________________________ 

Pesquisadora: Rosana Maria Frey

Projeto: Nem louca, nem instável: cíclica. Ressignificando discursos.

Resumo: O projeto ora apresentado nasceu a partir do reconhecimento de inquietudes comuns, compartilhadas por mulheres de diferentes estratos sociais, idades e formações, integrantes de nossa comunidade acadêmica. Trata-se dos significados biológicos, sociais e culturais atribuídos à experiência feminina da menstruação que parecem permanecer na invisibilidade, à despeito da gradual amplitude que outros temas do universo feminino adquirem na contemporaneidade.

Confrontadas por essa realidade, partiu das estudantes do campus a reivindicação de um trabalho que contemplasse, de forma explícita, como os desdobramentos do ciclo menstrual afetam a vida das mulheres, não só fisicamente, mas também emocional e socialmente. Tais angústias deflagraram a construção de um projeto autônomo e incipiente: “Nem louca, nem volátil: cíclica”, cuja apresentação de resultados parciais na 4a Mostra de Inovação, Pesquisa, Ensino, Extensão e Cultura (MIPEEC) do campus, em 2018, revelou uma realidade ainda mais desafiante em relação ao tema. Isso porque foi possível perceber, em contato com a comunidade, que as concepções acerca do ciclo feminino permanecem no campo das interdições, silenciamentos e mitificações. A menstruação, em especial, ainda é nomeada por meio de eufemismos e, na maioria das vezes, de forma pejorativa, identificada sob a égide do incômodo e do mal-estar. Continuam relegadas ao esquecimento, a complexidade e as particularidades que envolvem o processo biológico do corpo feminino, por outro lado, consagram-se os rótulos de mal-humorada, inconstante, louca, destinados às mulheres em função dos sintomas provenientes das etapas do ciclo.

A falta de autoconhecimento feminino sobre as vicissitudes do próprio corpo e a ignorância acerca das etapas fundamentais do ciclo terminam por completar esse quadro de obscurantismo que, em face ao alcance e multiplicidade de informações na área da saúde, ainda reluta em existir na atualidade de meninas e mulheres. Diante disso, o objetivo central desta pesquisa é investigar, detidamente, a constituição do imaginário cultural contemporâneo sobre a menstruação, considerando os discursos vigentes da biologia, da medicina, da publicidade, as heranças mítico e religiosas, as crenças do senso comum, bem como os códigos de conduta que orientam o processo de atribuição de significados ao ciclo feminino. A partir disso, debruçar-se sobre o estudo de linguagens que possam transmitir as informações levantadas, por meio de um olhar feminino, ou seja, de um modo que procure neutralizar os lastros discursivos que associam a menstruação aos seus sentidos negativos costumeiros.

Trata-se de buscar uma linguagem própria, criativa, lírica que contribua para a ressignificação do ciclo menstrual e, consequente, valorização do corpo feminino. Essa linguagem será materializada em forma de recursos didáticos como panfletos, cartilhas, vídeos que poderão levar o conhecimento construído pela pesquisa até a comunidade de mulheres local, em que serão organizadas rodas de conversa sobre o tema, propiciando momentos de autoconhecimento e reforço mútuo da autoestima.

_______________________________________________________________________

Pesquisador: Thiago Luiz Calandro

Projeto: Práticas espaciais e a transformação da paisagem do Contestado em União da Vitória: espaço-tempo no ensino de Geografia

Resumo: O presente trabalho de pesquisa tem o objetivo de discutir as práticas espaciais e seus desdobramento na paisagem na Região do Contestado – tratado como fenômeno espacial – com aspectos teóricos e metodológicos do pensamento espacial/geográfico. Dessa maneira, o tratamento dos conteúdos da Geografia Escolar partem da compreensão de uma espaço vivido que carrega na paisagem as marcas do passado e a essência do lugar. Assim, é necessário compreender a Guerra do Contestado como fenômeno espacial que, por meio de múltiplas práticas, alterou o espaço geográfico.

Habitar o lugar consiste no encontro e desencontro de histórias que, em uma estrato entre o global e local, apresenta uma multiplicidade de relações entre as mais singulares expressões e representações da cultura local e “geometrias do poder”. O método utilizado na pesquisa é o Paradigma Indiciário de Carlo Ginzburg que tem como intuito a reconstrução da realidade a partir de indícios e sinais.

O método justifica-se a partir do ponto de vista que a Paisagem (construir) e Lugar (habitar) e as práticas que os configuram remetem ao passado. Assim, os indícios e sinais que permanecem na Paisagem – acúmulo de tempo no espaço – e nos locais da memória – arquivos, jornais, livros de pesquisas, fotos, entre outros – podem auxiliar em uma melhor compreensão do Contestado como fenômenos geográfico. Nesse sentido, o método compreende-se tanto nos trabalhos de campo, quanto na análise documental. Os registros produzidos nesse processo de pesquisa auxiliará nas discussões sobre o ensino da Geografia Escolar a partir do conceito de pensamento espacial/geográfico.

Espera-se que a partir da compilação e sistematização entre o registro produzidos e a temática do pensamento espacial/geográfico possamos avançar na discussão na inserção da Guerra do Contestado no ensino da Geografia Escolar.

_______________________________________________________________________

Pesquisador: Vitor Marcos Gregório 

Projeto: Integração excludente: caminhos de ferro e identidade nacional no início do século XX 

Resumo: Esta pesquisa tem por objetivo analisar o impacto que o planejamento e construção de ferrovias que tinham por objetivo integrar o território brasileiro teve na construção de um determinado discurso de identidade nacional.

Do aparente paradoxo verificado entre a finalidade de tais construções integração de um elemento central da nação, seu território) e uma das consequências diretas de sua concretização (a exclusão e extermínio de numeroso grupo social, nomeadamente os caboclos da área então contestada entre os estados do Paraná e de Santa Catarina), surge uma oportunidade única de analisar até que ponto tal contradição representa um projeto específico de Estado e de sociedade aplicado no Brasil do início do século XX, ou um efeito colateral não planejado pelas elites dirigentes do início do período republicano brasileiro.

Projeto de longa duração, esta proposta contará com a participação de estudantes do campus União da Vitória do IFPR, e prevê colaboração com numerosas ações de extensão, algumas das quais já estão em andamento.

 

PROJETOS DE EXTENSÃO

Pesquisador: Celso Canteri

Projeto: FLISoL – Festival Latino-americano de Instalação de Software Livre em União da Vitória

Resumo: O Festival Latino-americano de Instalação de Software Livre (FLISOL) é um grande evento de Tecnologia da Informação realizado na América Latina desde o ano de 2005 para divulgação do uso de Software Livre. O evento é realizado simultaneamente em diversos países latino-americanos, incluindo o Brasil, e desde 2008 sua realização acontece no 4o. sábado do mês de abril de cada ano.

As diversas cidades dos países participantes são inscritas por comunidades locais de Software Livre, instituições de ensino, faculdades, ONGs, que organizam, simultaneamente, eventos nos quais se instala, de maneira gratuita e totalmente legal, Software Livre nos computadores dos participantes e visitantes.

Paralelamente ocorrem palestras, apresentações e workshops, sobre temas locais, nacionais e latino-americanos de Software Livre, em toda a sua expressão: artística, acadêmica, empresarial e social. Este projeto de extensão visa realizar este evento na cidade de União da Vitória, no campus do Instituto Federal do Paraná, incentivando a participação da comunidade de Software Livre, estudantes e simpatizantes das cidades de União da Vitória, Porto União e adjacências.

_______________________________________________________________________

Pesquisador: Celso Canteri

Projeto: Implantação de Linux Educacional no Ensino Público Municipal

Resumo: Este projeto de extensão busca colaborar no atendimento das demandas de arranjo produtivo, social e cultural no município de União da Vitória e região, conforme prevê o artigo 7o da resolução 002/2009 do CONSUP promovendo uma parceria do IFPR com as prefeituras e Secretárias Municipais de Educação onde o campus está inserido. Mesmo com a falta de recursos para investimento em infraestrutura em escolas municipais, não é incomum existirem computadores e laboratórios de Informática em desuso, subutilizados ou sem manutenção, que poderiam ser recuperados para serem ferramentas úteis no emprego das Tecnologias da Informação e Comunicação no processo ensino-aprendizagem. Capacitar os alunos colaboradores para instalar, treinar, criar manuais e manter em funcionamento esses computadores em escolas municipais utilizando distribuições GNU Linux Educacionais é o principal objetivo deste projeto que também prevê treinamento para os profissionais de ensino que farão uso desses equipamentos e softwares. Testar e selecionar uma distribuição dentre as inúmeras distribuições GNU Linux Educacionais, adequá-la à realidade local contemplando os requisitos de hardware e de ensino-aprendizagem será o maior desafio deste projeto.

_______________________________________________________________________

Pesquisador: Luiz Sérgio Soares

Projeto: 2ª Mostra de lançamentos de foguetes do Campus União da Vitória – MOLFUVA

Resumo: O campus do IFPR em União da Vitória – PR vem seguindo um dos os objetivos das diretrizes da criação dos institutos federais, a oferta de cursos técnicos de nível médio integrado ao ensino médio. A principal característica nessa formação é a qualificação na prática para o mundo de trabalho. Posto assim, oportunizar situações que favoreçam a Interdisciplinaridade e o trabalho em equipe de forma empírica e lúdica, contribui significativamente na formação técnica desses discentes.

Com esse objetivo, o projeto intitulado “Mostra de Lançamento de Foguetes do IFPR campus União da Vitória” – MOLFUVA constitui em um cenário oportuno, onde se consegue relacionar várias disciplinas básicas que constituem o currículo do ensino médio, tais como, química, matemática, artes, historia e especialmente a física. Utilizando o conhecimento teórico visto em sala de aula a respeito da cinemática que estuda o movimento de corpos em uma e duas dimensões, juntamente com as três leis de Newton que descrevem a dinâmica Newtoniana no estudo da física, é que os alunos através da orientação do professor formarão equipes que cumpriram etapas em forma de oficinas para a preparação e confecção do protótipo de um foguete de garrafa pet e de sua base de lançamentos.

O material usado para este propósito é de baixo custo e facilmente encontrados em lojas de materiais de construção. Os alunos irão competir na categoria lançamento à distância dos foguetes. O evento acontecerá nas mediações do campus do IFPR em União da Vitória seguindo as orientações da Mostra Brasileira de Foguetes para alunos do ensino médio, que orienta que o combustível usado nesse tipo de evento seja água e ar comprimido. A intenção que essa mostra de lançamento de foguetes ocorra no mês de novembro do corrente ano.

_______________________________________________________________________

Pesquisador: Alex Mateus Porn

Projeto de Extensão: Encontro de Tecnologia da Informação de União da Vitória – ENTEC.

Resumo: O município de União da Vitória está situado no extremo sul do Estado do Paraná, no território chamado de Médio Iguaçu, no Vale do Iguaçu, fazendo divisa territorial com o município de Porto União no Estado de Santa Catarina. Os dois municípios juntos contam com três instituições de ensino superior que oferecem cursos de graduação na área da computação, assim como, três instituições de ensino médio que ofertam cursos técnicos em informática. Frente a isto, visto que o primeiro curso ofertado pelo Campus do Instituto Federal do Paraná – IFPR de União da Vitória é o Curso Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio, a oferta de eventos de extensão na área tecnológica realizado por este campus, que oportunize a participação das demais instituições, proporciona o relacionamento de nossos alunos com profissionais de diversas áreas tecnológicas, viabilizando assim diversas experiências com diferentes profissionais.

Diante deste contexto e das diversas possibilidades de formação e atuação profissional na área de informática e das tecnologias da informação, a troca de experiências e o relacionamento pessoal tornam-se cada vez mais fundamentais e necessários, tendo em vista as necessidades e demandas que se multiplicam a partir da expansão tecnológica e as consequentes mudanças no modo de vida das pessoas. Neste sentido, este evento de extensão, denominado como Encontro de Tecnologia da Informação de União da Vitória – ENTEC, tem como objetivo inicial ofertar atividades ditas como base, tais como: palestras, oficinas, minicursos e apresentações e publicações de pesquisas realizadas por estudantes, professores e profissionais da área, entendendo que estas são requisitos essenciais na formação profissional dos alunos do Curso Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio do Campus do IFPR de União da Vitória.

A cada evento, realizado anualmente, a dinâmica de atividades que são propostas ocorre conforme o tema escolhido, interesse dos alunos e o campo profissional em evidência na atualidade, voltado para o profissional de tecnologia da informação. Este evento de extensão se posiciona por meio de ações que possibilitam o desenvolvimento do ser humano em sua plenitude, objetivando o maior desenvolvimento de União da Vitória e região, fundamental para instigar os alunos e servidores envolvidos no Curso Técnico em Informática do IFPR Campus União da Vitória a conhecerem um pouco melhor o universo do profissional de Tecnologia da Informação – TI, especificamente a área de atuação.

_______________________________________________________________________

Pesquisador: Alex Mateus Porn

Projeto: Pint of Science

Resumo:

Resumo: O Pint of Science é um evento para que pesquisadores possam sair das universidades e institutos de pesquisa em que atuam, para conversar diretamente com um público mais heterogêneo, em ambientes descontraídos como bares e restaurantes, a fim de dialogar sobre ciência de um modo divertido, fascinante e inspirador. O evento ocorre anualmente durante três dias do mês de maio, geralmente na segun-da semana do mês. Durante os três dias do evento, pesquisadores das mais diversas áreas do conhecimento são convidados para expor suas pesquisas para um público diversifi- cado, em ambientes pré-definidos e com a autorização dos proprietários, como ba- res e restaurantes do município. Trata-se de um evento sem oneração aos pales- trantes, aberto ao público, sem taxas de inscrição e emissão de certificados. Por ser realizado em bares e restaurantes, o único custo gerado para cada participante é o seu próprio consumo.

No município de União da Vitória – Paraná, o Pint of Science será realizado pela primeira vez no ano de 2020, entre os dias 11, 12 e 13 de maio. União da Vitória apresenta-se como um local propício para o crescimento do evento e divulgação da ciência, como faz divisa territorial com o município de Porto União no Estado de Santa Catarina, osdois municípios juntos contam com uma população próxima de 100 mil habitantes e possuem seis instituições de ensino superior (Instituto Federal do Paraná – IFPR, Centro Universitário Vale do Iguaçu – Uniguaçu, Centro Universi- tário de União da Vitória – Uniuv, Universidade Estadual do Paraná – Unespar, Uni- versidade do Contestado – UNC e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – Senac) que oferecem cursos de graduação em diversas áreas do conhecimento. Além disso, quatro instituições de Ensino Médio que ofertam cursos técnicos em in- formática, meio ambiente e elétrica (IFPR, Colégio Técnico de União da Vitória – Coltec, Colégio Estadual São Cristóvão – CESC e Serviço Social da Industria – SESI).

Frente a isto, o município de União da Vitória, com a realização do Pint of Science, possibilita a interação entre diversos pesquisadores dessas instituições de ensino e, principalmente, entre os estudantes. Mais importante ainda é a integração com outros grupos interessados pela ciência, mas que não estão ligados a institui- ções de ensino. A oferta desse evento de extensão de um modo multidisciplinar, organizado por pesquisadores deste campus do IFPR, prioriza e oportuniza a participação das demais instituições de ensino de União da Vitória, com a oferta de palestrantes e ou- vintes, proporcionando deste modo o relacionamento de nossos alunos e pesquisa- dores com toda a forma de produção científica gerada em nosso município.

Este evento de extensão se posiciona por meio de ações que possibilitam o desenvolvimento do ser humano em sua plenitude, objetivando o maior desenvolvi- mento de União da Vitória e região, fundamental para instigar os alunos e servidores envolvidos nos cursos ofertados pelo IFPR Campus União da Vitória a conhecerem um pouco melhor o universo profissional de sua área de atuação.

 

Av. Paula Freitas, 2800,  Bairro São Braz – CEP 84603-264 – União da Vitória – PR

Topo