Portal Padrão Barra de Identidade Visual do Governo Federal na Internet - APLICAÇÃO do Governo Brasileiro

I Semana da Mulher do Campus União da Vitória trouxe atividades diversificadas e reflexões sobre o tema

Publicado em março 9, 2018

Mostra de artes, palestras, lançamento de vídeo e mesa redonda marcaram a I Semana da Mulher do Campus União da Vitória do Instituto Federal do Paraná (IFPR), iniciada nesta segunda-feira, 05, e encerrada hoje, 09.

A mostra Body Image Advertising trouxe a discussão dos padrões de beleza impostos pela mídia, por meio de anúncios de produtos, em inglês, publicados ao longo da história, e a crítica dos alunos do terceiro ano do curso Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio, que trabalharam esse tema em sala de aula, na disciplina de inglês.

A exposição Mulheres na Literatura apresentou nomes de autoras importantes e obras literárias com o tema mulheres, enquanto Mujeres latinoamericanas que hicieron historia expôs imagens e biografias de mulheres latino-americanas que influenciaram de alguma maneira a sociedade de seu tempo. O lançamento do vídeo criado por servidoras e alunas do campus, com poemas do livro Outros jeitos de usar a boca, de Rupi Kaur, emocionou os expectadores.

O evento trouxe ainda a palestra Dia da Mulher e o empenho coletivo para a não violência, com a coordenadora do Projeto Gênero e Diversidade Sexual: ações afirmativas para combater a violência, Dulceli Tonet Estacheski, que levantou entre os ouvintes discussões sobre a violência, assédio e oportunidades iguais entre homens e mulheres.

O Cine Mulher exibiu o filme Olga: muitas paixões numa só vida, que para a aluna do segundo ano do curso Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio, Maria Eduarda Dias, foi impactante. “Ver a liderança de Olga, a resistência e a vontade de realmente fazer alguma coisa diante das desigualdades é muito inspirador, nos dá força e nos encoraja como mulheres”, avalia.

A Biblioterapia foi um momento de meditação ao som da leitura do livro A parte que falta, e o Painel Mulheres Especiais trouxe a homenagem dos alunos e servidores à mulheres notáveis que marcaram a história e suas vidas.

A mesa redonda Mulheres Invisíveis: Questões de Gênero e Literatura, com os professores da Universidade Estadual do Paraná – Unespar, Caio Bona e Gisele Schnorr, e com a professora do Campus União da Vitória, Lorena Lima, promoveu o diálogo e a reflexão a respeito da representatividade feminina na literatura e o potencial da literatura como atividade transformadora.

Para a aluna do segundo ano do curso Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio, Rafaela Letícia Muller, o debate foi enriquecedor. “Me fez enxergar mais ainda o quanto tenho orgulho de ser mulher, de perceber a feminilidade como uma força. Todos os dias enfrentamos obstáculos impostos pela sociedade e lutamos pela igualdade de gênero”, destaca.

De acordo com a estudante do segundo ano do curso Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio, Sarah Tomal, essa data é importante para afirmar o valor da mulher. “É muito mais do que um dia para lembrar daquelas que revolucionaram a história, mas para mostrar quem nós somos como mulheres; que não somos um objeto para se usar e jogar fora, temos valores, sonhos e podemos conquistá-los. Somos mulheres, não precisamos nos calar diante da violência, temos voz”, declara.

O encerramento do evento contou com um intervalo musical, onde foram reproduzidos vídeos de músicas de cantoras brasileiras.

Segundo a auxiliar de biblioteca, Viviane Traversin, uma das organizadoras do evento, a I Semana das Mulheres foi um momento reflexivo. “As várias discussões que aconteceram nessa semana, a respeito das lutas e conquistas históricas femininas, enriqueceu ainda mais a importância do respeito e valorização do papel das mulheres na sociedade”, finaliza Viviane.

Galeria de Imagens